Como Calcular o CMV do seu Restaurante?

O Custo de Mercadoria Vendida (CMV) é o cálculo de todas as  despesas que envolvem a matéria prima do restaurante. Por isso, saber calcular o CMV do restaurante é essencial. 

Ele é um dos pontos mais importantes para controlar o dinheiro do bar ou restaurante, por isso errar neles acaba se tornando sinônimo de perda de dinheiro. 

Ou seja, o CMV é o melhor indicador para conseguir acompanhar qual a margem de lucro do seu negócio. 

Portanto, se está precisando administrar melhor seu negócio e entender como calcular o CMV só restuarante acompanhe este artigo. 

Iremos sanar suas dúvidas sobre como fazer os cálculos, como acompanhar a margem de lucro e muito mais.

Porque calcular o CMV do restaurante?

É o CMV que vai indicar os custos de seu restaurante, ou seja, se houver qualquer problema ele irá apontar.

Dessa forma, ele irá mostrar se você está comprando mercadorias de preço elevado, se há desperdício na cozinha e se está tudo certo com seu estoque. 

Assim, seu CMV não deve ser alto demais, pois interfere nos lucros. Mas se chegar a ser muito baixo pode significar que os produtos estejam sendo comprados de uma qualidade um tanto inferior se atente a isso. 

Logo, somente tendo realizado os cálculos e analisado os resultados irá conseguir chegar a conclusão de o que está acontecendo e quais os problemas. Ou até descobrir que está tudo certo com seu estabelecimento.

Para entender mais sobre CMV assista ao vídeo abaixo, do nosso canal, com um conteúdo completo sobre o assunto.

Como fazer o cálculo do CMV?

O cálculo CMV para o restaurante precisa incluir neles os custos da produção, transporte, armazenamento e os demais detalhes que incluem vendas.

Assim, o custo por mercadoria vendida é o que indica  a participação do total pago nas mercadorias que compõem os produtos de venda sobre o faturamento total.

Por isso, é o melhor indicador para conseguir acompanhar a margem de lucro de seu negócio.  

A fórmula para calcular o CMV de seu restaurante é: 

%CMV = Estoque Inicial (EI) + Compras (C)  – Devolução de vendas (DV) – Estoque final (EF).

Calcular o CMV do Restaurante

E para fazer o cálculo disto, basta usar a fórmula realizando a multiplicação dos valores concretos pelos respectivos valores unitários do produto. 

Por exemplo: (estoque inicial de R$ 10.000,00 + compras R$ 11.500,00 – Estoque Final R$ 4.000,00) / Faturamento R$ 50.000,00 = 35%

Além disso, para conseguir fazer os cálculos CMV é preciso registrar ter algumas informações como: 

Inventário: um sistema que estabelece a entrada e saída de mercadorias e insumos. Nele precisa ter todos os dados em tempo real e atualizados, com todos o estoque vendido e comprado. 

Cálculo monetário: efetua os cálculos considerando a medida em valores, e não em unidades. 

Cálculo por mercadoria: é mais utilizado na parte de logística e operações. E ainda faz os cálculos com base na quantidade de estoque. 

Ser capaz de fazer o custo da mercadoria vendida em seu restaurante te permite ter maior controle e solidez sobre seu estoque, vendas e rendimento.

Facilite o trabalho

Para isso também é importante ter um sistema que te auxilie no controle do estoque e a conseguir todos esses dados. 

Como o caso do GrandChef, que conta com um sistema de gestão completo especializado no ramo alimentício.

Ele controla todo o seu estoque, tudo que entra e sai e atualiza com relatórios periódicos te mantendo informado de tudo que tem. 

Além disso, ainda conta com controle financeiro para realizar os cálculos para você e tornar seu trabalho completamente fácil. 

Sempre te mantendo informado das entradas, saídas e todos os valores necessários. 

Com isso é muito mais fácil ter acesso aos dados necessários e conseguir fazer os cálculos com total eficiência. 

Portanto, não perca mais tempo baixe o GrandChef gratuitamente e comprove todos os benefícios que ele trará a sua gestão. 

Calcular o CMV do Restaurante

Venha descobrir como nunca mais ter problemas para realizar os cálculos e ter seu negócio na palma da sua mão.

Qual o CMV ideal?

O CMV ideal depende muito do tipo do seu negócio. 

Mas independente disso, o ideal é um giro em torno de 30% a 40%. Abaixo disso está bom, porém acima se torna um certo perigo para o negócio. 

Segue uma simulação “ideal” para os gastos:

  • Gastos com insumos – 35%
  • Despesas com pessoal – 22%
  • Despesas variáveis – 8%
  • Outras despesas fixas – 15%
  • Resultado – 20%

About Julianna Giacobbo

Formada em letras pela UNESPAR, apaixonada por livros, café e escrita. Atualmente redatora na empresa GrandChef, sistema desenvolvido para bares restaurantes e similares. Aspirante a escritora, sempre disposta a aprender coisas novas.

Deixe uma resposta

Ainda não usa o GrandChef? Teste grátis por 30 dias!
Baixar agora
%d blogueiros gostam disto: