Plano de Negócio para Restaurante

O plano de negócio para restaurante é fundamental para ter um negócio lucrativo, além disso, administra e organizar todas as suas ideias.

Por isso, separamos esse conteúdo incrível para que possa montar o seu plano.

Mas, o que é Plano de Negócio?

De maneira geral, o plano de negócio é um documento que descreve os objetivos do seu negócio.

Assim, o documento terá informações como definição de produto ou serviço, clientes, a análise da situação do mercado, ações para se realizar no futuro, juntamente com estratégias para implementa-las.

Portanto, o plano permiti identificar a viabilidade da sua ideia e gestão no papel, facilitando o alcance aos objetivos.

Qual a importância do Plano de Negócio?

Se você está iniciando o seu negócio ou até mesmo se está ampliando o empreendimento o plano de negócio é de extrema importância.

Desse modo, revela aos proprietários do restaurante os investimentos prioritários e onde é possível cortar custos.

O plano irá trazer vantagens para você, como:

  • Ajuda organizar as ideias;
  • Orienta e expansão de empreendimento já em atividade;
  • Apoia a administração do negócio, tanto em números quanto em estratégias;
  • Facilita a comunicação com os sócios, funcionários, clientes e fornecedores;
  • Captura recursos financeiros, humanos e parceiros.

Como fazer um plano de negócio para restaurantes?

1° Defina os 4 P’s do Marketing

É hora de tirar usas ideias da cabeça e passar para o papel.

Mas para que possar fazer isso de maneira organizada é preciso usar os 4 P’s de marketing, que são:

  1. Produto: Qual produto/serviço vai oferecer? Predente abrir um restaurante self service ou um delivery de pizza? Descreva com detalhes.
  2. Praça: Qual vai ser o valor desse produto ou serviço? Análise estabelecimento do mesmo segmento que o seu para encontre uma média de preço. Também deve definir o seu público-alvo pois ele tem grande influência na hora de definir o preço.
  3. Praça: Qual será a localização? Novamente o público deve ser levado em consideração.
  4. Promoção: Determine como irá divulgar seu estabelecimento, você precisa convencer o público a conhecer o seu empreendimento. Visto que, quem não é visto não é lembrado.
plano de negócio

2° Análise a concorrência

Verifique se sua proposta tem diferenciais sobre a concorrência.

Com isso, estude e compare os serviços e preços, veja seu potencial para competir e se existe alguma oportunidade de negócio ainda não explorada pelos estabelecimentos existentes.

3° Análise SWOT

Até o momento, você definiu a proposta do negócio, sabe com quem vai competir e quais são as condições. Então, agora deve descobrir quais são seus pontos fortes e fracos perante a concorrência.

Logo, descubra seus pontos por meio da análise SWOT, essa sigla significa:

  • Forças: Quais são suas vantagens perante a concorrência e o cenário do mercado?
  • Fraquezas: Quais são suas desvantagens perante a concorrência?
  • Oportunidades: Qual lacuna você pode aproveitar? Seja um nicho de mercado inexplorado ou um serviço diferenciado como o delivery.
  • Ameaças: Quais os fatores que podem prejudicar o seu negócio?

Portanto, você deve construir uma matriz como todas essas informações. Afinal, é preciso conhecer o problema para que possa lidar com ele.

plano de negócio

4° Plano Financeiro

O plano financeiro é crucial na elaboração do plano de negócio de um restaurante, por isso, o ideal é montar planilhas para se organizar.

Você deve analisar alguns custos, por exemplo, investimento inicial e capital de giro.

No caso do investimento inicial, você precisa saber se o valor será suficiente ou se um reforço será necessário.

Ainda mais, que existem gastos obrigatórios envolvidos:

  • Equipamentos de cozinha;
  • Honorários do contador;
  • Custos com o aluguel do ponto (reforma, caução, etc);
  • Recrutamento e contratação de funcionários;
  • Compra de móveis para o salão;
  • Contratação de um sistema de gestão para restaurante.

Já que, o capital de giro é o valor mínimo necessário para garantir o funcionamento do negócio.

O capital de giro pode ser calculado somando todas as despesas recorrentes, como: aluguel, custos dos insumos, salários, impostos, divulgação, água, luz, gás, entre outros.

5° Plano operacional

O plano de negócio defini como o seu restaurante irá funcionar, isto inclui, horário de funcionamento, quantidade de funcionários, forma de atendimento ao cliente, entre outros.

Então, tudo isso deve ser documentado nos mínimos detalhes.

Portanto, corra para fazer o seu plano de negócio e diminua suas chances de erro.

One thought on “Plano de Negócio para Restaurante”

Deixe uma resposta

Ainda não usa o GrandChef? Teste grátis por 30 dias!
Baixar agora
%d blogueiros gostam disto: