fbpx

Conheça a História da Cerveja

O calor vai se aproximando e ela acaba sendo cada vez mais pedida pelo Brasil, presente em todos os happy hours, churrascos de fim de semana, quem resiste a uma cerveja, não é mesmo?

Sim, neste artigo vamos falar sobre a cerveja, mais diretamente sobre a história da cerveja. quando você vê a famosa gelada descendo no copo com sua espuminha, nem chega a imaginar que este líquido já foi criado a mais de 10.000 anos.

Isso mesmo, o processo de fermentação que deu início à cerveja, já é bem antigo e iniciou por vários lugares, com processos que ao mesmo tempo eram similares e distintos entre si. 

Então, se ficou curioso para entender toda essa história da cerveja, procure um bom lugar, relaxe e embarque nesta história. De preferência tomando aquela cervejinha bem geladinha.

Uma descoberta por engano

A cerveja não foi exatamente inventada, propositalmente criada a bebida, e sim descoberta por acaso. 

Afinal o processo de fermentação já foi descoberto por várias civilizações por volta de 10 mil anos atrás, e foi assim que eles faziam o processo de criação de bebidas alcoólicas. 

Já se tratando propriamente de cerveja, elas foram produzidas mais para a frente por padeiros, eles já utilizavam grãos de cereais e leveduras em suas receitas, e aprimoraram. Mas o processo acabou sendo um tanto trabalhoso. 

A cevada, era um componente muito importante para fabricação das antigas massas, assim era deixada na água até que germinasse. Depois, moída grosseiramente usando as mãos e pedra. 

Ai devidamente triturados, viravam “bolos” que eram pré-assados e aí desfeitos, misturados em água e deixados em jarras para poderem fermentar. 

A criação original da cerveja não se sabe ao certo onde começou, pois vários povos já fermentavam bebidas. Mas, o título acabou sendo concedido aos Sumérios, um povo mesopotâmico.

Descoberta dos sumérios

Os Sumérios, no sul da Mesopotâmia, foram os primeiros a deixarem um registro da produção de cerveja. Com inscrições feitas em pedra que mostram a importância da bebida para estes povos. 

Conforme registros, eles dominavam cerca de 20 tipos de processos produtivos de cervejas diferentes. 

Eles cultivavam “Ninkasi” a Deusa da Cerveja. Arqueólogos encontraram um hino a Ninkasi que data de 2.600 a 2.350 A.C que faz menção à bebida. 

Mas outros registros arqueológicos dizem respeito aos sumérios não serem os únicos do povo babilonio a adotar a prática de tomar cerveja desde cedo. 

Mas, a história da cerveja não parou por ai, foram os babilônios aprimoraram as técnicas fazendo inúmeros tipos de cerveja, onde era acrescentado mel junto dos mais diversos tipos e plantas. O que permitiu produzir versões diferentes da bebida. 

E não se engane a cerveja antiga era bem diferente da que conhecemos hoje, sendo mais densa, forte e escura.

Egípcios, os verdadeiros mestres da cerveja

Os egípcios logo  aprenderam a arte de fabricar cerveja e agregaram o líquido à sua dieta diária. Mas, se tratando da expansão definitiva da cerveja, se deu apenas com o Império Romano, que se encarregou de levá-la a todos os lugares onde ainda não era conhecida.

Júlio César era um grande admirador da cerveja e foi atribuída a ele a introdução da cerveja nos povos britânicos e na região onde hoje em dia é a França. 

E foi aí que a cerveja ganhou seu nome definitivo. Isso porque os gauleses chamavam essa bebida de “cerevisia” ou “cervisia”. O nome era uma homenagem a Ceres, deusa da agricultura e da fertilidade.

Assim, no século I D.C. a  cerveja já era produzida pelos antepassados dos alemães e dos franceses e alcançou outras regiões do continente europeu, como a Bélgica, Inglaterra, Irlanda e Holanda. E posteriormente dominaria o mundo todo.

Julianna Giacobbo

Formada em letras pela UNESPAR, apaixonada por livros, café e escrita. Redatora no Sistema GrandChef, buscando sempre trazer conteúdos relevantes a donos de bares, restaurantes e similares. Aspirante a escritora, sempre disposta a aprender coisas novas.

Deixe uma resposta

Separamos as melhores dicas para você

Preencha e receba dicas de empreendedorismo, gestão financeira, estoque, tecnologia e muito mais para poupar dinheiro e triplicar as vendas.

%d blogueiros gostam disto: