NFC-e em Minas Gerais: Qual o prazo para implementação?

NFCe em Minas Gerais já é realidade.

A emissão de NFC-e já esta presente em todos os estados brasileiros, recentemente Minas Gerais aderiu esse modelo.

E no ano de 2017, a Sefaz de Minas Gerais confirmou a obrigatoriedade de emissão da NFCe no estado a partir de 2018.

Veja mais a seguir sobre a NFC-e em Minas Gerais, suas vantagens e quando será a data determinante para emissão.

O que é NFCe?

A NFCe ou Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica, é um projeto que substitui as notas fiscais de venda ao consumidor, sendo, o tradicional Cupom Fiscal emitido por ECF e a Nota Fiscal modelo 2.

É uma alternativa eletrônica que tem validade jurídica garantida por assinatura digital – certificado digital  – do emitente.

O objetivo da NFCe é oferecer uma nova alternativa para operações com consumidor final, transmitindo mais segurança e transparência durante as transações.

Além disso, esse formato de documento dispensa o uso da impressora fiscal, proporcionando mais economia e facilidade aos contribuintes.

Veja aqui como funciona a NFC-e

 

Benefícios da NFCe

A NFC-e em Minas Gerais tem o objetivo de facilitar a rotina dos restaurante, pois é emitida eletronicamente via internet, sendo dispensável o uso de uma impressora fiscal.

Caso o cliente queira a cópia do documento, é possível fazer a impressão em um equipamento simples/comum.

Listamos alguns benefícios da utilização da NFCe no seu restaurante, verifique abaixo:

– Não há obrigatoriedade de utilização de impressora fiscal;
– Não há homologação de software;
– Emissão automatizada;
– Redução de custos com papel e armazenamento;
– Transmissão online para a Sefaz;
– Segurança nas transações;
– Possibilidade de consulta das notas direto do portal da Sefaz.

A emissão da Nota Fiscal trás muitos benefícios ao contribuinte e seu comércio.

A NFCe no Estado de Minas Gerais

Sefaz de Minas Gerais anunciou que a partir do ano de 2018 começará a utilizar a Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica.

O anúncio da implantação e obrigatoriedade da NFCe no estado de Minas foi feito por um representante da Sefaz MG em uma das reuniões do ENCAT.

Essa implementação será a partir do segundo trimestre de 2018, ou seja, os restaurantes terão que se adaptar a esse novo documento.

O projeto visa oferecer uma melhor alternativa ao contribuinte e consumidor, facilitando o momento da emissão e consulta do documento, por ser totalmente eletrônica.

Consulte seu contador e verifique quais as suas obrigações fiscais e como se adequar a essa novidade.

Prazos para implementação da NFCe em Minas Gerais

De acordo com a Secretaria da Fazenda de Minas Gerais, o projeto piloto terá inicio no mês de Abril de 2018, e o ambiente de produção e obrigatoriedade em Julho de 2018.

Veja no site da Sefa MG e confira o cronograma.

Projeto piloto NFCe em Minas Gerais: Abril de 2018
Ambiente de produção: Julho de 2018

Sefaz MG ainda irá se adaptar a essa nova obrigatoriedade, podendo modificar os prazos do projeto e ambiente de produção.

Procure um emissor de NFCe confiável para o seu restaurante

Se você tem um restaurante em Minas Gerais, não deixe para a última hora, contrate o seu emissor NFC-e em Minas Gerais agora mesmo.

Acesse o site e conheça o GrandChef.

 

About Geison SC

Entusiasta da tecnologia e apaixonado por café. Formado em Redes de Computadores pela faculdade FIAP-SP, atualmente CEO da empresa GrandChef sistema desenvolvido para bares restaurantes e similiares. Sempre disponivel para novas conversas para estar sempre aprimorando seu conhecimento na area tecnologica.

Deixe uma resposta

Ainda não usa o GrandChef? Teste grátis por 30 dias!
Instalar Agora
%d blogueiros gostam disto: