Restaurante Vegano, Entenda Como Se Adaptar

Você com certeza já viu alguém pesquisando por um restaurante vegano, ou você mesmo já pesquisou por isso. Nos últimos anos, com o aumento da conscientização sobre esse estilo de vida, a demanda por restaurantes que ofereçam refeições veganas cresceu expressivamente.

Portanto, mesmo que o seu empreendimento seja em uma cidade pequena, é importante pensar sobre isso!

Entenda a diferença entre Vegano e Vegetariano

Para começar a planejar adaptações, é importante compreender a diferença entre vegano e vegetariano.

De acordo com o texto de Deise Aur, “Vegetariano X Vegano: vamos esclarecer as diferenças?” (2017) para o site greenme.com.br, quem adota o Vegetarianismo como estilo de vida, não consome produtos alimentícios com origem animal. Ou seja, além de carnes, não consome alimentos derivados de leite e ovo. 

Já os adeptos do Veganismo, não consomem nenhum tipo de produto de origem animal em sua composição! Isso, além do ramo alimentício, também se estende restringindo a área da beleza, vestuário, limpeza, entre outras.

Com o crescente acesso à informação, muitas pessoas vêm se conscientizando sobre essa forma de consumo. Assim, surgem novos adeptos todos os dias com demandas por receitas veganas, pizzarias veganas, restaurantes veganos ou por restaurantes com pratos veganos, seja por self service ou por opções a la carte… São diversas as demandas que surgem formando um novo público e criando um novo nicho de mercado.

Preciso mudar meu restaurante por inteiro para um restaurante vegano?

Você tem liberdade para adaptar o seu negócio para também atender a esse público, porém, não significa que você precise mudá-lo completamente.

É interessante realizar pesquisas e buscar informações sobre a extensão desse grupo na sua região de atendimento.

  • Há pessoas veganas ou vegetarianas na minha região?
  • Há pessoas interessadas em consumir no meu restaurante se eu disponibilizar opções veganas ou um cardápio vegano?
  • Eu compreendo o que esse movimento representa e me sinto disposto em trabalhar considerando essa causa?

Muitas pessoas têm projeções e visões sobre mercados em crescimento com grande demanda de clientes. Dessa forma, acabam focando na oportunidade de empreender apenas pelas possibilidades de lucros.

É extremamente importante estar atento às tendências e oportunidades de mercado para por em prática ideias e empreender! Porém, não é uma atitude extremamente conveniente comprar uma causa sem compreendê-la. Agindo assim você estará desrespeitando às pessoas que acreditam e lutam por essa causa.

Considerando as hipóteses citadas acima e já conhecendo, mesmo que de maneira superficial, sobre o que o veganismo trata, você já tem as primeiras coordenadas para começar a refletir se é viável ou não se adaptar para atender a esse público.

Quais são os cuidados que devo tomar para atender o público vegano?

Se você compreende que para o seu negócio é mais viável atender ao público vegetariano, então você deverá estar atento em desenvolver pratos sem ingredientes de origem animal.

Muitas pessoas, mesmo sem serem adeptas do vegetarianismo gostam de consumir produtos desse tipo. Entenda que não é apenas adicionar legumes e verduras e, por exemplo, montar um prato de “batatas com cebola roxa salteadas no azeite” para atender à esse público (:D).

teste grátis

Mas, caso você compreenda que para o seu negócio é mais viável atender ao público vegano, além do público vegetariano, você precisará se preocupar com mudanças que vão além das questões de cardápio.

Para receber esse público, é interessante que mais do que disponibilizar um prato do dia, você adapte o seu ambiente físico.

Tecidos de cortinas, toalhas de mesas, guardanapos, ou até mesmo os uniformes dos colaboradores, que tenham alguma origem animal devem ser alterados! Cadeiras ou demais móveis que tenham materiais, como couro, também devem ser retirados do ambiente.

Você não vende só comida, você vende uma experiência para o seu cliente! Isso causa uma sensação única e desperta a vontade de querer voltar. Por isso cuidar do ambiente é extremamente importante!

Como comportar o público vegano e não vegano no mesmo ambiente?

Um público não pode excluir o outro! Ao disponibilizar um lugar para pessoas diferentes com interesses diferentes, você precisa estar ciente de que existirão opiniões diferentes.

Para lidar com isso, esteja sempre bem informado e bem estruturado quanto às adaptações escolhidas a se fazer. E mantenha uma mente aberta e madura para ouvir seus clientes e refletir sobre o que dizem. Esteja informado para argumentar com propriedade às indagações dos clientes.

Acima de tudo, saiba identificar até que ponto um cliente está mantendo o respeito ao opinar em seu estabelecimento.

baixar grandchef
grandchef

Então, após as análises feitas, você já pode dizer se será válido para você adaptar o seu negócio e investir em um restaurante vegano!

Confira nesse artigo algumas dicas para desenvolver o ambiente mais apropriado para o seu restaurante

About Gabriela Gonçalves

Criar & Comunicar

Deixe uma resposta

Ainda não usa o GrandChef? Teste grátis por 30 dias!
Instalar Agora
%d blogueiros gostam disto: