fbpx

Cross Selling: Veja Como Usar Para Aumentar as Vendas do Restaurante

Cada dia que passa o mercado está mais competitivo e isso não é novidade para ninguém. Por isso, precisa investir em estratégias de marketing assertivas, como o Cross Selling.

Ela é uma forma muito eficaz de fidelizar clientes, e ao mesmo tempo aumentar as suas vendas, trazendo dois benefícios em um método só. 

Até porque nesses casos o cliente já deu o primeiro passo que é entrar em seu estabelecimento para comprar, então só basta dar um empurrãozinho para melhorar as compras. 

Assim, o cliente continua comprando com você, e grava a sua marca, mas para isso precisa aplicar o Cross Selling da forma correta. 

Portanto, preparamos este artigo completo sobre o assunto para te ajudar a elevar as vendas de seu restaurante com formas práticas e fáceis. 

O que é Cross Selling?

O Cross Selling, também chamado de venda cruzada, acontece quando você oferece a seu cliente um produto que complemente o pedidos do consumidor.

Assim nessa estratégia vende-se produtos que se complementam, por preços bem acessíveis. 

Tomando o mesmo exemplo acima, se o cliente pedir um hambúrguer você pode oferecer uma porção de batatas fritas para acompanhar, ou até um refrigerante, essa é basicamente a mesma premissa do combo. 

Up Selling e Cross Selling

Assim, o Cross Selling te traz a lealdade do cliente já que o fato de você oferecer produtos úteis a seus clientes agregam valor a suas vendas. 

Além disso, ainda traz um diferencial para você, pois, o cliente irá se lembrar de suas ofertas maravilhosas feitas a ele. Isso com certeza ficará marcado. 

Boas ideias para combinação de uso de Cross Selling

Além dos clássicos combos de hambúrguer + refrigerante + batata frita, é possível oferecer outras opções muito criativas. 

Assim, é possível oferecer molhos especiais para acompanhar ou opção de adicional. 

Afinal, quem não gostaria de poder ter a chance de personalizar seu lanche ou prato por um preço super acessível. 

É importante manter as ofertas simples, não oferecer produtos muito mais caros que a compra inicial e apresentar as ofertas de uma forma natural. 

Up Selling e Cross Selling

Com certeza, você já presenciou em alguma rede de fast food alguém te falar que por mais R$ 5,00 você poderia levar uma batata e um refrigerante pequeno, ou algo similar. 

É sobre este tipo de vendas que o Cross Selling se refere, básicas e feitas de forma natural, adicionando algo à compra do cliente.

Incremente as opções para vendas

Uma ótima opção para deixar seus combos sempre visíveis ao cliente é o cardápio digital, com ele dá para atualizar sempre as vendas.

Assim, o sistema pode mostrar opções com sugestões para acréscimos nos produtos relacionados a compra.

Um bom exemplo de cardápio digital é o do GrandChef, que possibilita a criação de um cardápio a seu gosto, de acordo com suas preferências e características de sua marca. 

Caso não saiba do que se trata o GrandChef, é um sistema de gestão especializado no ramo alimentício como bares, restaurantes, hamburguerias e similares. 

Up Selling e Cross Selling

Com o cardápio digital do GrandChef, você é livre para a personalização, podendo assim pôr em prática as estratégias de vendas que desejar.

Além disso, o cardápio digital é ótimo para quem faz muitas promoções e modificações de produtos, pois, por meio dele você não tem gastos a cada mudança que fizer. 

Ou seja, adquirir um cardápio digital com o GrandChef garante economia, eficiência e praticidade.

Além disso você ainda pode usar de todas as outras funções de gestão do sistema, como:

  • Comanda eletrônica;
  • Pagamento Online;
  • Controle de estoque;
  • Controle de caixa;
  • Delivery;
  • QR code na mesa;
  • E muito mais.

Portanto, não perca mais tempo, baixe o GrandChef gratuitamente e descubra as maravilhas que ele fará a sua gestão.

Afinal, quem não quer ter seu restaurante na palma de sua mão.

Cross selling: dicas para obter sucesso com as vendas cruzadas

1. Passar credibilidade é o segredo

Quando você trabalha com cross selling tem que estabelecer um nível de confiança com seus clientes, para que eles confiem que você realmente está fazendo uma oferta justa e pensando no benefício dele. 

Assim, o vendedor por meio de uma abordagem de consulta oferece outros produtos que vão se encaixando às necessidades do cliente. 

Sendo assim, tem de tomar cuidado para em nenhum momento alguém acabar fazendo uma oferta que fuja muito além da realidade. Isso pode mostrar que o não prestaram muita atenção no atendimento e querem tirar vantagem do cliente. 

E com isso sua credibilidade vai pelo ralo junto com a de seu restaurante, e o resultado disso pode ser bem desastroso.

2. Automação inteligente

Quando você faz um cross selling automatizado por um cardápio, tem que ter inteligência na hora de montar as opções de sugestões dos produtos.  

Afinal, você não vai oferecer, por exemplo um sofá, a alguém que está vindo comprar um carro. Assim, personalize as suas ofertas para fazerem sentido e em itens que sejam relacionados um com o outro. 

Desse jeito a relação de complemento do prato fica claro ao cliente, instiga sua vontade e faz com que a venda cruzada ocorra e seja facilitada. 

3. Tenha controle e de respeito ao consumidor

Tenha controle na hora de criar suas ofertas, não adianta oferecer produtos demais ao cliente, pois isso fará com que ele se perca. 

Então, sempre seja respeitoso e ofereça realmente somente o que tem potencial de interessar ao cliente. Não abuse desta estratégia e acabe fazendo com que o cliente desista da compra.

Julianna Giacobbo

Formada em letras pela UNESPAR, apaixonada por livros, café e escrita. Redatora no Sistema GrandChef, buscando sempre trazer conteúdo de relevante há donos de bares, restaurantes e similares. Aspirante a escritora, sempre disposta a aprender coisas novas.

Deixe uma resposta

Separamos as melhores dicas para você

Preencha e receba dicas de empreendedorismo, gestão financeira, estoque, tecnologia e muito mais para poupar dinheiro e triplicar as vendas.

%d blogueiros gostam disto: